terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Cultura do mundo e a cultura do Reino de Deus

“As pessoas que pertencem a Cristo Yeshua crucificaram a natureza humana delas, junto com todas as paixões e desejos desta natureza” (Gálatas 5:25)

Meus irmãos, este versículo deixa bem claro que os seres humanos vivem em um tipo de cultura que Paulo a denomina como “Natureza Humana”, esta cultura é o fruto da desobediência de Adão, como diz em Romanos 5:12: “O pecado entrou no mundo por meio de um só homem, e o seu pecado trouxe consigo a morte. Como resultado, a morte se espalhou por toda a raça humana porque todos pecaram.”.

Com os Seus ensinamentos, Yeshua veio nos influenciar com uma nova cultura, a Cultura do Reino de Deus, essa cultura é totalmente ao contrário da natureza humana, por isso Paulo diz que devemos crucificar nossa natureza humana, pois essas duas naturezas não caminham lado a lado.

Para que você entenda um pouco mais sobre essas naturezas eu vou dar exemplos de como é o pensamento destas culturas:

O mundo (natureza humana) diz: “Cresça, fique adulto e busque sua independência, junte dinheiro e tente ficar rico; não se humilhe por nada, seja melhor do que o seu próximo, pois assim você vencerá na vida, você não precisa ser controlado por nenhuma divindade que te faz escravo, você é livre.”
O Reino de Deus diz: “Felizes as pessoas que sabem que são espiritualmente pobres, pois o Reino dos Céus é delas.”.
“Felizes as pessoas humildes, pois receberam o que Deus tem prometido.”;
“Não juntem riquezas aqui na terra...”.

Nota: Temos que ser totalmente dependente de Deus e de tudo que provem Dele, temos que ser humildes para entender que nós podemos estar errados em alguns conceitos, para entender que precisamos um do outro e que não somos melhores do que ninguém. Lembre-se que o melhor é Cristo e não há nome maior do que o nome de Yeshua.

O mundo diz: “Não tenha piedade de ninguém, pois alguém tem piedade de você?”;
“Não empreste suas coisas para ninguém, pois ninguem ira cuidar delas como você cuida, e se esta pessoa não devolver, cobre”.
O Reino de Deus diz: “Felizes as pessoas que têm misericórdia dos outros”;
“Façam para os outros a mesma coisa que querem que eles façam a vocês”;
“Emprestem e não esperem receber de volta o que emprestaram”.

O mundo diz: “Despreze e amaldiçoem aqueles que te odeiam, seja amigo somente dos que são seus amigos”;
“Se alguém te bater, bata também”.
O Reino de Deus diz: “Amem seus inimigos e façam o bem para os que odeiam vocês”;
“Desejem o bem para aqueles que os amaldiçoam e orem a favor daqueles que maltrataram vocês”;
“Não se vinguem dos que fazem mal a vocês: se alguém lhe der um tapa na cara, vire o outro lado para ele bater também.”;

O mundo diz: “Não fique bitolado em nenhuma religião, isso vai lhe fazer mal e todos vão te chamar de fanático”;
O Reino de Deus diz: “Felizes as pessoas que tem fome e sede de fazer a vontade de Deus”;
“Felizes as pessoas que sofrem perseguições por fazerem a vontade de Deus”.

Nota: Quando você tem fome e sede? Várias vezes por dia, não só aos domingos.
Em que lugar você tem fome e sede? Em qualquer lugar que esteja.

Tudo o que foi colocado aqui sobre o que o Reino de Deus diz foi tirado dos evangelhos segundo Mateus e Lucas, para tirarem suas dúvidas leiam e vejam que tudo o que eu escrevi estão lá. (tradução da minha bíblia NTLH)

Notaram a diferença? O caminho destas culturas são totalmente inversos, por isso a importância de se arrepender dos seus maus caminhos. Arrepender-se não é ter remorso, arrepender-se é mudar a forma que você pensa sobre os seus pecados, é não querer mais cometê-los, é andar no caminho inverso a ele.
Para vivermos na natureza espiritual é preciso crucificar a natureza humana, não é possível viver dentro das duas culturas.
Pense nisso, o preço para você viver na cultura do Reino de Deus foi pago, basta você aceitar a viver de acordo com a cultura do evangelho de Cristo e ter uma vida agradável aos olhos de Deus.

E, nunca se esqueçam, nós precisamos um dos outros, somos parte do corpo de Cristo, e unidos servirmos uma só cabeça... Yeshua o Cristo.